Aneurisma da aorta

Aneurisma da aorta

O que é Aneurisma da aorta

O aneurisma da aorta é caracterizado por ser uma dilatação anormal e permanente que envolve uma porção da artéria aorta, a maior do corpo humano. A artéria aorta tem início no coração, atravessa o tórax (aorta torácica), e termina na altura do umbigo (aorta abdominal). O aneurisma surge quando a dilatação dessa artéria é 50% superior ao que é considerado normal.

Com o enfraquecimento da parede arterial, o vaso se dilata por conta da pressão constante do sangue em seu interior. Essa dilatação aumenta de forma progressiva até o seu rompimento, que causará a perda de sangue, levando até mesmo ao óbito. A aorta abdominal é uma das mais propensas a sofrer um aneurisma.

Causas do aneurisma de aorta

Geralmente, as causas do aneurisma de aorta estão relacionadas à aterosclerose, que nada mais é do que o acúmulo de placas de gordura no interior das artérias. A aterosclerose acaba enfraquecendo as paredes da aorta, o que facilita a sua dilatação. 

O processo de aterosclerose é um pouco mais lento e pode afetar diversas artérias. Além das causas genéticas, outros fatores podem contribuir para o surgimento da doença:

  • Aumento de pressão;
  • Tabagismo;
  • Má alimentação.

Veja também: 5 principais alimentos amigos do coração

A idade também possui um papel importante no desenvolvimento de aneurisma, principalmente em homens acima dos 60 anos.

Sintomas do aneurisma de aorta

A maior parte dos casos de aneurisma da aorta não apresentam sintomas, mas, quando algum sinal aparece, ele ocorre devido à compressão das estruturas vizinhas pela artéria dilatada, ou ainda, por compilações.

Os sintomas do aneurisma da aorta abdominal são praticamente inexistentes, porém, uma pulsação na região abdominal poderá ser notada, o que causará incomodo e dor constante no peito.      

No caso de aneurisma da artéria torácica, os sintomas serão mais fáceis de identificar, entre eles a dificuldade para engolir e a falta de ar.

Tratamento do aneurisma de aorta

O tratamento da doença é realizado por meio de acompanhamento médico, de acordo com o desenvolvimento do aneurisma. O controle dos fatores de risco, cirurgia e a terapia endovascular são algumas das opções. No controle dos fatores de risco, deve-se parar de fumar, controlar os níveis de colesterol triglicerídeos, e pressão arterial.

O acompanhamento é feito por exames de imagem como a ecografia, tomografia computadorizada e ressonância magnética. A terapia endovascular é a técnica minimamente invasiva, que introduz pela virilha, através da artéria femoral e levada até a abdominal, uma endoprótese.

Veja também: Aneurisma Cerebral – o que é?

Prevenção do aneurisma da aorta

Não há exatamente uma fórmula que seja capaz de prevenir o aneurisma da aorta, porém, existem meios de evitar o problema e manter os vasos sanguíneos mais saudáveis, entre eles:

A alimentação é um dos itens mais importantes, portanto, deve-se certificar de que a dieta inclui frutas, verduras, legumes, carnes magras, peixe, grão integral e vegetal. Sal e açúcar em excesso devem ser evitados.

 

dr-augusto-scalabrini-assinatura crmdr-augusto-scalabrini-line assinatura

Dr. Augusto Scalabrini – CRM 31.732

Médico cardiologista formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, e coordenador do Laboratório de Habilidades e Simulação da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais.

dr-augusto-scalabrini-line assinatura

Entre em contato conosco

WhatsApp Agende sua Consulta