Arritmia Cardíaca: O que é?

Arritmia Cardíaca: O que é?

Arritmia cardíaca: como ocorre?

O coração bate em um ritmo, e esse ritmo pode variar de acordo com a necessidade do organismo. Quando precisamos de mais oxigênio circulando no sangue, vamos aumentando a frequência cardíaca. Já quando estamos em repouso, a demanda de oxigênio é menor, e então a frequência cardíaca é menor. Desta forma, a frequência cardíaca é regulada ao longo do seu dia.

Sabe-se que quando estamos fazendo exercícios físicos, quando estamos estressados, nossa frequência cardíaca aumenta, e quando estamos dormindo ou estamos relaxados, a frequência cardíaca é bem baixa, isso ajuda o coração a repousar. Algumas vezes, o sistema de regulação pode falhar, e podemos acabar tendo batimentos fora do ritmo ideal.

Algumas vezes o coração pode bater em uma frequência muito alta, e outras ele bate de forma inadequadamente baixa. Esse distúrbio de ritmos levam à consequências. Isso acontece quando a frequência cardíaca é muito alta ou muito baixa, e então o aporte de oxigenação ao cérebro e aos outros órgãos se torna inadequado.

Consequências da arritmia cardíaca

Quando o aporte é inadequado, o organismo sofre. Muitas pessoas desmaiam quando tem arritmia cardíaca, pois muitas vezes a frequência cardíaca ficou tão alta ou tão baixa, que a quantidade de sangue que chega ao cérebro não é suficiente para mantê-lo consciente. Assim o cérebro se apaga e a pessoa desmaia.

Então, as arritmias cardíacas tem consequências, existem vários tipos de consequência, a maioria das arritmias não causam grandes consequências, mas elas podem até levar a morte. Algumas arritmias são as responsáveis pelas chamadas “mortes súbitas”.

Entender e reconhecer as arritmias cardíacas é muito importante! Falaremos mais sobre arritmia nos vídeos a seguir.

Previna-se.

Temos um vídeo falando sobre o tratamento para a Arritmia Cardíaca. Clique aqui para assistir.

 

Entre em contato conosco

Entre em contato conosco

WhatsApp Agende sua Consulta