Angina pectoris: prevenção

Angina pectoris: prevenção

A angina pectoris é uma causa muito prevalente de óbito no brasil. Se nós pegarmos as três principais causas de morte no brasil, são os problemas cardíacos (problemas cardiovasculares), neoplasias (câncer) e a violência.

Então veja, a angina de peito é uma das grandes causas de mortalidade aqui em nosso país e vale a pena conversarmos um pouco mais sobre ela, especialmente no que diz respeito à prevenção.

A angina de peito é muito mais fácil prevenir do que remediar, tratar o indivíduo com angina gera um resultado menos brilhante do que prevenir a angina de peito.

 

O que é angina de peito

É a manifestação clínica, geralmente se manifesta através de uma dor na região do precórdio. É a manifestação de uma obstrução coronariana.

A obstrução coronariana é algo muito grave e pode levar ao infarto do miocárdio, morte súbita e reduzir a expectativa de vida.

 

Prevenção

Se nós considerarmos que a grande causa de obstrução das artérias coronárias é a aterosclerose, ou seja, deposição de gordura sobre essas artérias, nós já vamos começar com o fato de que a melhor forma de prevenir é não ter gordura circulante não ter excesso de gordura circulante.

Como fazemos isso? Levando um estilo de vida saudável. Hoje em dia, nós médicos damos uma grande ênfase na qualidade de vida. É muito importante que a gente tenha qualidade de vida, se exercite, coma adequadamente e viva adequadamente.

Veja também: Aterosclerose e arteriosclerose: qual a diferença.

 

1  – Exercício físico

Primeiramente, o exercício físico tem que ser um prazer e não uma obrigação. Aquela coisa de ter que fazer exercício sem gostar é muito ruim. Você pode até fazer desse jeito, mas se encontrar algo na qual você se identifica é melhor.

Exercício aeróbico ou anaeróbico? Isso também é interessante. Antes o cardiologista sempre dizia que o exercício anaeróbico (musculação) era para os indivíduos que queriam ficar fortes com uma estética bonita.

Hoje a gente sabe que o exercício aeróbico também tem uma importância enorme, ou seja, andar, correr, nadar, praticar esportes, são muito importantes para a saúde do seu coração, mas também a musculação é importante.

A musculação adéqua os seus vasos e faz com que o seu sangue circule melhor. Portanto, é um fator muito importante na prevenção de aterosclerose e angina.

 

2 – Dieta

No outro é a dieta, comer bem hoje em dia é muito importante, e eu não estou falando de dietas da moda.

Se você comer uma dieta rica em poliinsaturados, pobre em carboidratos e gordura saturada, você estará fazendo uma excelente dieta. Dieta que tenha carne não gordurosa, proteína não gordurosa, muita fibra e fruta, com certeza vai te ajudar.

Na verdade, os nossos antepassados mediterrâneos eram sábios, a gente entende que a dieta mais saudável é a mediterrânea que se baseava em queijos magros, frutas e verduras e carnes sem gordura.

 

3 – Genética

Finalmente, o terceiro problema a se preocupar é a genética. Existe um componente genético que é extremamente importante na angina pectoris. Existem famílias de pessoas com doença coronariana. Você precisa saber disso para prevenir.

 

dr-augusto-scalabrini-assinatura crmdr-augusto-scalabrini-line assinatura

Dr. Augusto Scalabrini – CRM 31.732

Médico cardiologista formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, e coordenador do Laboratório de Habilidades e Simulação da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais.

dr-augusto-scalabrini-line assinatura

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato conosco

Entre em contato conosco

WhatsApp Agende sua Consulta